Patrimônio do chefe da espionagem do PT na Operação Faroeste é milionário

A Procuradoria-Geral da República e o Superior Tribunal de Justiça ainda avaliam com lupa como um delegado da Polícia Federal, licenciado e ex-secretário da segurança pública da Bahia afastado, Maurício Barbosa, possui uma fortuna incalculável, com carros de luxo, lancha, apartamento e presença marcante no principal clube social da capital baiana o Yacht Club. Ele comandou durante os governos de Jaques Wagner e Rui Costa uma rede de espionagem no milionário processo chamado de Operação Faroeste. Só uma delação premiada poderá evitar a sua prisão.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: