Evangélicos se dividem quanto a apoio a Bolsonaro

O Palácio do Planalto ficou surpreso quando, no último final de semana, observou que evangélicos participavam de manifestações contra o governo. Passou a reclamar de Silas Malafaia a Edir Macedo afirmando que eles só querem dinheiro. Enquanto os evangélicos reclamam do isolamento de André Mendonça para o STF, e mais: os irmãos Flávio e Eduardo Bolsonaro fazem lobby para que jogos de azar sejam liberados no Brasil. O mais grave é que o governo não sabe que a igreja católica, que tem muito mais força e prestígio do que os evangélicos, também não aceitam a entrada de jogos de azar no país. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: