Todos os ex-presidentes da CBF tinham offshore

Ricardo Teixeira, Marco Polo Del Nero, e outros dirigentes da CBF abriram offshore. Quando ocorreu o escândalo do Fifagate, eles fecharam e mudaram de endereço. Continuam banidos e a CBF ainda é um covil de corrupção.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: