A Bahia sempre figura onde não deve

O Tribunal de Contas da União acaba de mandar suspender oito licitações para compra de máquinas, tratores e equipamentos com recursos das verbas secretas que o relator geral do orçamento distribuiu a mando do governo com os deputados e senadores amigos. A decisão do TCU vai de encontro a Codevasf, onde a compra com sobrepreços chamou a atenção e foram gastos mais de R$11 milhões. Nelas estão três políticos nordestinos: Paulo Afonso, que tem como padrinho o senador Fernando Bezerra, o presidente da Câmara Arthur Lira, que mandou dinheiro para Penedo, e finalmente o deputado federal do DEM da Bahia Arthur Maia, que mandou dinheiro para Bom Jesus da Lapa. Os prefeitos vão ter que explicar os sobrepreços, se não vai dar cana.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: