Por que o BNB enlouquece Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro levou três anos para encontrar um culpado por seus maus resultados no Nordeste. Achou há dez dias: o BNB. O Crediamigo, programa de microcrédito do banco oficial, é o maior da América Latina e, entra ano sai ano, está nas mãos de uma ONG dominada por petistas, o Instituto Nordeste Cidadania (Inec). Não há espaço para confusão. Os dirigentes do Inec criticam Bolsonaro nas redes sociais, aderem a manifestos, usam o vermelho em suas mais de 400 agências e fidelizam a clientela, que precisa renovar os empréstimos a cada seis meses. Tudo isso acontecia sob o patrocínio do líder do PL na Câmara, Wellington Roberto (PB), que indicou e lutou para manter Romildo Rolim na presidência do BNB. Ah, o Inec recebeu R$ 5 bilhões para manter sua parceria com o BNB e, no entendimento de Bolsonaro, promover o PT. O caso está sendo investigado pela Controladoria-Geral da União.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: