A delação premiada do ex-presidente da Braskem revela propina de US$250 milhões

José Carlos Grubisich, ex-presidente da Braskem, pagou US$250 milhões de propina a agentes públicos, principalmente na Petrobras, nos dois governos do PT: Lula e Dilma. A Braskem tem sociedade com a Odebrecht, que firmou um acordo para pagar US$3,5 milhões de multas nos Estados Unidos. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: