Bolsonaro virou refém dos caminhoneiros

O presidente Jair Bolsonaro, que incentivou a greve dos caminhoneiros e recebeu eles no Palácio, agora recebe o troco. Os caminhoneiros, se não tiver redução nos preços dos combustíveis, vão deflagrar greve nacional em novembro. O presidente da Petrobras já disse que não reduz preços e o Brasil continua à deriva diante da irresponsabilidade do seu presidente da República. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: