Tribunal de Justiça da Bahia em suspense

Desde ontem, quando foram anunciadas as revogações das duas prisões de mãe e filho, o Tribunal de Justiça da Bahia entrou em efervescência. Os políticos citados têm prerrogativas, o mesmo acontecendo com os magistrados. Somente terão nomes revelados quando forem detidos. O único nome de funcionário público revelado é o do ex-secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, que também é delegado da Polícia Federal. A Operação Faroeste é o maior escândalo de vendas de sentenças de terra do país.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: