Servidor público em extinção na Bahia

Se depender do funcionário público concursado, aposentados, pensionistas e seus familiares, as eleições na Bahia não serão fáceis para o candidato apoiado pelo governador Rui Costa e o PT. Os funcionários concursados denunciam o aparelhamento da máquina através de empresas terceirizadas. Afirmam que desde o governo Jaques Wagner não recebem reposição da inflação, muito menos reajuste salarial. Eles recorrem à justiça, já que a reposição da inflação seria um direito, mas perdem todos os processos, alguns nem chegam a ser analisados, vão direto pra gaveta. Sem concurso público e novas aposentadorias, as vagas são ocupadas por terceirizados de empresas contratadas pelo governo, com seus reajustes garantidos. Em alguns órgãos os funcionários terceirizados já são maioria.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: