Tensão permanente na Assembleia

Na Assembleia Legislativa da Bahia, a oposição não consegue aprovar nada em benefício dos servidores. Alguns deputados governistas não têm vergonha de admitir que só votam o que o governo quer. Em um passado recente os baianos reclamavam do controle político de ACM, principalmente na Assembleia e no Judiciário, hoje acontece o mesmo, só que o algoz é Rui Costa, um ex-sindicalista de “esquerda”. Dezesseis entidades representativas dos servidores tentam sem sucesso sensibilizar o governador, mas pelo andar da carruagem, não vão conseguir nada.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: