Como foi com Lula e José Dirceu, Roberto Jefferson detona Bolsonaro, o filho Flávio, ministros e aliados do governo

Brasília, ontem, estava assustada com os termos da carta-denúncia de Roberto Jefferson escrita no presídio onde ele está. Jefferson, que detonou Lula e José Dirceu, agora detona o presidente Jair Bolsonaro, o filho, o senador Flávio, e os ministros Ciro Nogueira da Casa Civil e Fábio Faria, ministro das Comunicações. Sobrou também para o presidente do PL Valdemar Costa Neto. Os três têm fichas criminais no STF. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: