Pressão nordestina aprova PEC

O presidente da Câmara, o alagoano Arthur Lira, o ministro da Casa Civil, o piauiense Ciro Nogueira, o ministro da Cidadania, o pernambucano João Roma, e o relator do projeto, o cearense Hugo Motta, são os quatro nordestinos que fizeram acontecer o triste espetáculo da noite de quarta-feira e madrugada de quinta-feira. Ciro Gomes do PDT suspendeu a candidatura, o presidente nacional do partido ingressou no supremo contra aprovação do projeto. Rolou muito dinheiro. Há quem diga que cada deputado recebeu alguns milhões de emendas secretas e alguns líderes muito mais que isso. O caso não está encerrado, muita água ainda vai rolar debaixo da ponte até a próxima terça-feira. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: