Ela errou o alvo e a pontaria

E não é que o pichador que vandalizou o muro com as fotos dos candidatos Ana Patrícia e Carlos Tourinho era apenas um destruidor de patrimônio alheio, com uma lata de spray vermelho na mão? Depois que a candidata Ana Patrícia falou aos quatro ventos, na imprensa local e nacional, que aquele havia sido um ato machista de quem queria calar a voz de uma candidata mulher, dando a entender que o ato poderia ter sido praticado por um adversário político, as filmagens obtidas pelas autoridades policiais mostraram que o vândalo pichou aleatoriamente vários lugares, públicos e privados, do bairro Rio Vermelho, onde está localizado o nababesco comitê de campanha de Ana Patrícia.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: