Roberto Jefferson quer delação premiada e está afastado da presidência do PTB

O ministro Alexandre de Moraes anunciou, ontem, a suspensão por 180 dias de Roberto Jefferson da presidência do PTB. Ele é acusado de desvio de recursos do partido. Ao receber a informação na prisão, reafirmou o seu pedido para fazer a sua delação premiada que tem como alvo a família Bolsonaro. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: