PF pede ao STF para investigar desvios do orçamento secreto: Bahia, Alagoas, Pernambuco e Piauí têm parlamentares implicados

Já chegou ao STF um pedido da Polícia Federal para investigar desvios do dinheiro público por meio do orçamento secreto. São mais de R$3 bilhões em emendas de relator geral, parte delas destinadas à compra de tratores e equipamentos agrícolas por preço até 260% acima dos valores de referência fixados pelo governo. A Controladoria-Geral da União e o Tribunal de Contas da União apontam indícios de sobrepreço nas compras feitas por meio do orçamento secreto. A PF pediu autorização ao Supremo para investigar o grave problema. Os nomes dos deputados e senadores por trás do rombo são mantidos em sigilo graças a um acordo do Executivo com líderes do Congresso para tornar viável o orçamento secreto. Os estados que encabeçam esta notícia são os que têm o maior número de senadores e deputados federais implicados, além de prefeitos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: