TCU veta privatização da Eletrobras se não houver ajustes

O Tribunal de Contas da União acaba de paralisar o processo de privatização da Eletrobras. Pouco mais de R$23 bilhões é o valor estimado para o chamado bônus da outorga, que permite a exploração do serviço. Na venda da Eletrobras o valor tem um acréscimo de R$30 bilhões para abate de parte da conta de luz do usuário.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: