Na festa de Gilmar quem pagou foi o povo brasileiro

Vinte e cinco autoridades do Brasil, servidores e mulheres, foram para Portugal a fim de participar no 9º Fórum Jurídico de Lisboa, uma promoção de uma faculdade ligada ao ministro do STF, Gilmar Mendes. O caso está revoltando Brasília e Gilmar Mendes ainda tem a ousadia de agredir instituições democráticas. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: