Resolução acirra ainda mais a disputa no Senado por uma vaga no TCU

A resolução do TCU proibindo nomeações de indicados que respondem por ações na justiça promoveu uma nova luta pela disputa ao cargo no tribunal. A interlocutores, o autor da proibição, ministro Walton Alencar, afirmou que a medida não tem objetivo de intervir nas questões do Congresso. Imediatamente, o principal alvo, o senador Fernando Bezerra, líder do governo na Casa, afirmou: “Não há denúncia ou ação penal contra mim por crime doloso contra a administração pública, tão pouco em relação aos demais delitos da resolução”. É tudo mentira. Ele é chamado no Senado de corrupto com maior pouso. Ocorre que, no dia 14, a Comissão de Assuntos Econômicos vai se posicionar. Concorrem contra ele Antonio Anastasia, do PSD de Minas Gerais, e Kátia Abreu, do PP de Tocantins. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: