O pernambucano João Roma prejudica o afilhado no Tribunal de Justiça da Bahia

A nomeação de José Batista Júnior para a vaga de Juiz Titular do TRE da Bahia, pode ser um tiro que sai pela culatra. A parceria entre o Presidente do TRE/Ba e o Ministro Pernambucano João Roma, termina por inviabilizar o projeto de Batista Jr. de disputar o cargo de desembargador ano que vem. Como a indicação do quinto, em última instância, passa pela escolha do Governador do Estado que terá um baiano ou um carioca, os planos do causídico estão sepultados.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: