O ministro pernambucano não tem voto nem palanque para Bolsonaro na Bahia

No último final de semana, a mais nova pesquisa sobre a sucessão estadual na Bahia mostra que o ex-prefeito ACM Neto tem vantagem sobre o petista Jaques Wagner. O curioso é que João Roma, que afirma que dará palanque e votos a Bolsonaro na Bahia, oscila entre 1% e 2%. Ele não tem nenhuma aliança na Bahia para dar palanque muito menos votos. Só os evangélicos baianos, que, aliás, não têm expressão no eleitorado baiano, podem dar o palanque a Bolsonaro. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: