Falta de infraestrutura destrói praias, estradas, mata pessoas e deixa milhares desabrigados na Bahia

Já são 55 municípios baianos atingidos fortemente pelas chuvas. As estradas estão totalmente destruídas e as praias cheias de lama. Não há como, até o final do ano, essas estradas serem recuperadas para transportes de ônibus fretados e agências de turismo que procuram o extremo sul baiano. Lamentável no episódio, além de tudo, são as mortes e os desabrigados. E, mais uma vez, o presidente Jair Bolsonaro demonstra que não respeita a liturgia do cargo e sequer tem educação. Sobrevoou a Bahia e não comunicou ao governador do estado, Rui Costa. Não é sem razão que ele dificilmente terá os votos prometidos pelo seu ministro da Cidadania, o pernambucano João Roma. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: