Bolsonaro acusa o golpe de ser chamado de “ladrão”, mas não ataca Ciro Gomes

“Quero avisar àquela dupla do Ceará que vive chamando todo mundo de ladrão que eles tiveram uma visita no dia de ontem”. O presidente declarou isso na sua live de quinta, se referindo à diligência da Polícia Federal nos redutos dos irmãos Cid e Ciro Gomes. Bolsonaro só não respondeu o que Ciro disse dele e dos filhos, chamando-o de ladrão e os filhos de ladrões. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: