Personagem de Ziraldo III

Hoje, o juiz Jonny Maikel vai ao CNJ pedir providências contra o TJ/BA. Mas, ano passado, esbravejava aos quatro ventos que o TJ/BA não deveria obedecer à Ministra Corregedora do CNJ, a Dra. Maria Thereza de Assis Moura. Naquele episódio, Jonny Maikel foi o juiz que mais esperneou em assembleia da AMAB, quando o TJ/BA cumpriu a ordem do CNJ de limitar as indenizações de férias aos magistrados. No Tribunal dizem que o hobby do menino é atiçar fogo contra a própria magistratura do TJ/BA.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: