A Justiça Eleitoral vai vigiar os bilhões dos fundos eleitoral e partidário

Despesas de natureza pessoal de candidatos não podem ser mais abatidas na prestação de contas da campanha. Combustível e manutenção de veículos usados pelos candidatos também não. O Tribunal Superior Eleitoral vai vigiar com lupa a prestação de contas de cada candidato. Vai ter muita gente complicada.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: