Holofote desnecessário II

Além de ter trabalhado por anos em uma instituição financeira envolvida em grandes escândalos e que abriga contas secretas de gente da pesada, o empresário Marcelo Kayath, que chamou o presidente Jair Bolsonaro de maluco em uma entrevista ao Jornal Valor Econômico, é casado com a presidente de uma empresa cujo principal acionista é o também polêmico FI-FGTS. Detalhe, o investimento foi feito na época mais negra e sombria do fundo. Ao dar a entrevista, Kayath, que é amigo pessoal do petista Fernando Haddad, infelizmente se esqueceu que alguns crimes não prescrevem e que Jair Bolsonaro continuará presidente da república até o final de 2022.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: