A Bahia lidera energia eólica

A geração de eletricidade a partir da energia eólica é uma tendência no mercado brasileiro. Há uma década, o setor sequer chegava a 1% de participação na matriz do país. Agora, o índice está em 9%, mas esse percentual deverá aumentar diante dos investimentos previstos para os próximos anos, principalmente na região Nordeste. Até 2024 a Neoenergia desembolsará R$5 bilhões em complexos eólicos na Bahia, Paraíba e Piauí. O montante é apenas um pouco inferior ao R$5,6 bilhões que a italiana Enel pretende investir em quatro parques eólicos no país. Por sua vez, a Engie prevê injetar 1,6 bilhões em projetos na Bahia, o que será importante para os baianos. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: