Acredite quem quiser: 32 partidos existentes e mais de 80 na fila

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou o pedido de registro do estatuto e do programa partidário do União Brasil, fusão do PSL com o DEM. A nova legenda terá a maior bancada na Câmara e, consequentemente, a principal fatia dos fundos partidário e eleitoral. Tem 8 senadores, além de 81 deputados federais e 3 governadores. Nas Assembleias Legislativas do estado tem 129 deputados e 552 prefeitos em todo o país. Mas aí não é o importante. Quanto recebe do fundo eleitoral: R$486 milhões, só é batido pelo PT que vai receber R$491 milhões. Do fundo partidário, o PSL terá R$124 milhões contra R$110 milhões do PT. Na Câmara, o PT tem 53 deputados, PSL e DEM 81, PL 43, PP 42, PSDB 35, MDB 34, PSDB 32, Republicanos 31, PSB 31, PDT 25. No Senado, o MDB tem 16, PSD 11, o Podemos 9. PSL e DEM 8, PP 7, PT 7, PSDB 6, PL 6, Cidadania 3, PDT 3 e Pros 3. Ontem, o ministro Barroso fez uma revelação estarrecedora: há mais de 80 pedidos de novos partidos no Brasil, o que é uma vergonha, porque é tudo para ganhar dinheiro.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: