Privatizaram o Carnaval

Nas capitais que tinham tradição de Carnaval de rua, o que se viu nos últimos dias foram agentes de segurança coibindo foliões que tentavam reviver os tradicionais blocos de rua. Por outro lado, em clubes fechados como o Jockey Clube de São Paulo, milhares de foliões se aglomeraram em um espaço pequeno e fora das exigências sanitárias. Detalhe: para entrar nas festas privadas, foliões pagaram até R$900 por dia.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: