Passagem de som

Não se limpa o som com água para não estragar o equipamento. A LAVAGEM é feita de outra forma. Imaginem que o marqueteiro do candidato a governador, Acm Neto, o tal do “Double A”, sempre foi o papa das contratações de artistas e bandas para a prefeitura de Salvador, com preços bem acima do mercado. Estranhamente, quando atua na contratação para o setor privado, os cachês são infinitamente mais econômicos, praticamente inexequíveis. Será que está complementando o pagamento com capilé arrecadado “under the table”?

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: