Notícias financeiras

Depois da exposição do nome de Lucas Cardoso, que seria o principal arrecadador de recursos eleitorais junto ao empresariado baiano, para a campanha de Acm Neto ao governo do estado, parece que a estratégia tem mudado um pouco. Segundo fontes palacianas, o grupo político pretende setorizar a busca de dinheiro privado. O mega empresário Alex Cunha Guedes teria sido convidado por Neto para exercer a missão de fisgar dez a doze empreiteiros ligados à construção de rodovias. Gente que conviveu intimamente com Acm Neto durante sua gestão afirma que as cinzas de Alexandre Cunha Guedes estariam em tempestade. Em uma reunião ocorrida há anos no Palácio Tomé de Souza, o então prefeito teria sido grosseiro ao extremo com o velho Cunha Guedes, que tentava sugerir ideias para resolver uma guerra fiscal instalada ainda no primeiro mandato. Se tiver juízo, o atual comandante do grupo Cunha Guedes, um dos mais respeitados na Bahia, deverá cair fora, afinal basta se lembrar do que aconteceu com a Odebrecht e Lucas Cardoso.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: