Bolsonaro sabe que jamais terá as classes artística e intelectual do Brasil

Ao reclamar que os formadores de opinião pública do país são contra ele, o presidente Bolsonaro malha em ferro frio. A sua última medida, mandando que o inábil general Braga Netto redigisse uma “Ordem do Dia” para comemorar o golpe militar, foi de uma grosseria extraordinária. O mundo sabe que as Forças Armadas do Brasil durante a ditadura militar torturaram, mataram, expulsaram e suspenderam as garantias constitucionais além de cometerem erros que mancharam o país. Ministros do quilate de Barroso, de Fachin, presidente do Congresso Nacional e outras autoridades repudiaram o ato e pedem a sua revogação. Bolsonaro reabre uma ferida que os brasileiros jamais esquecerão. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: