Aéreas continuam em queda

O surgimento da variante ômicron afetou o mercado aéreo doméstico no início do ano. Segundo dados apurados pela Agência Nacional de Aviação Civil, a demanda por voos caiu 17% em fevereiro em relação a igual mês de 2019, quando não havia pandemia. A oferta de assentos encolheu 14,3% na mesma base comparativa. A única coisa que sobe é o preço das passagens. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: