As classes D e E continuam sofrendo no Brasil

Dos desempregados há mais de dois anos, são nas classes D e E o maior número, segundo levantamento da Tendência Consultoria Integrada. O pobre continua a sofrer no país. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: