O homem de R$52 milhões

Em entrevista no canal Livre, na última segunda, na Bandeirantes, a pré-candidata do MDB à sucessão presidencial, a senadora Simone Tebet, foi cobrada sobre como justificava sua presença num partido onde o ex-ministro Geddel Vieira Lima tinha roubado R$52 milhões. Ela lembrou a inesquecível primeira-dama Ruth Cardoso quando perguntada sobre a presença de Antônio Carlos no PFL, na época ela disse: meu PFL é o de Marco Maciel. A senadora Simone Tebet declarou: esse MDB de Geddel nunca foi o meu. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: