Aras até em Paris é perseguido

Um grupo de brasileiros residentes em Paris descobriu que o PGR, o advogado baiano Augusto Aras, está passando férias na capital francesa. Imediatamente cobrou para que ele se pronuncie sobre a corrupção no Ministério da Educação. Aras ficou mudo e sumiu na capital francesa.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: