João Santana pediu e Ciro Gomes atendeu

Ao vetar qualquer diálogo com Sérgio Moro, o presidenciável do PDT, o ex-governador Ciro Gomes, atendeu a um apelo do seu marqueteiro baiano, João Santana, que foi preso com a mulher e devolveu milhões de dólares ao governo e à União. João não perdoa Moro, já que ainda cumpre medidas cautelares, mesmo fora da cadeia. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: