Bolsonaro coloca duas amigas para disputar uma vaga no Senado

Com a tese de dividir para reinar, ninguém entendeu o que o presidente Bolsonaro fez. Liberou a sua ministra da Secretaria-Geral do Governo e deputada federal, Flávia Arruda, afirmando que ela seria sua candidata ao Senado em Brasília. Esta semana liberou também a ministra Damares Alves e colocou ela também como candidata ao Senado da capital do país. Só tem uma vaga. No Congresso Nacional ninguém entendeu. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: