O Estadão esqueceu de um nome no fundo imobiliário da Bahia

O Estado de São Paulo noticiou, no último final de semana, que o milionário fundo imobiliário baiano tinha como sócios o marqueteiro de Lula, Sidônio Palmeira, o ex-prefeito ACM Neto e o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani. Esqueceu de um: o milionário empresário João Gualberto, que nas horas vagas é prefeito de Mata de São João que tem com um dos seus pertences a Praia do Forte, onde o fundo imobiliário tem prioridade em compra de terrenos e execução de obras. No dia que explodir esse escândalo não vai sobrar ninguém. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: