Sem efeito

O aumento da alíquota de impostos federais para os grandes bancos deve gerar pouco impacto no custo do crédito. Sem espaço para aumentar seus já gordos spreads, que é a diferença entre as taxas praticadas juntos aos clientes na ponta e o custo de captação do dinheiro acrescido dos custos administrativos, os grandes bancos brasileiros têm enfrentado uma crescente competição de fintechs, como o Nubank, e os famosos FIDCs, que são fundos que compram centenas de bilhões de reais em recebíveis e operações de crédito.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: