O genial Cazuza e a piscina baiana

“A tua piscina está cheia de ratos, tuas ideias não correspondem aos fatos, o tempo não para! Eu vejo o futuro repetir o passado, eu vejo um museu de grandes novidades. O tempo não para!”. As pesquisas atuais apontam ACM Neto na frente, porém com viés de baixa, Roma e Jerônimo com fôlego de maratona, quem vencerá? Apesar de atual na terra do Senhor do Bonfim, tudo indica que o amadurecimento político dos baianos transformará o poema do genial e inesquecível Cazuza em coisa passada. Isso aqui já deixou de ser fazenda e suas piscinas, que os eleitores não poupem os ratos, e salvem a Bahia.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: