A indústria não é pop I

O Brasil está se desindustrializando. E essa é uma péssima notícia. O ABC Paulista, que já foi a maior zona industrializada da América Latina, em 2013 tinha 190 mil postos de trabalho formais na indústria. Em 2019, 140 mil. Em 2019, a montadora americana Ford deixou São Bernardo depois de quase um século no Brasil. Na década de 1980, a indústria brasileira atingiu o pico de 34% de participação no PIB. Em 2020, 11%. Na década de 1980, o Brasil produzia 55% dos insumos farmacêuticos que utilizava. Em 2020, isso caiu para 5%.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: