Mais de R$460 milhões do orçamento é perdido com escândalo dos pastores

Depois que foi revelado esquema montado por pastores evangélicos na distribuição de verbas do MEC, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, FNDE, sofreu uma baixa de quase meio bilhão de reais no orçamento. Foram cortados R$459 milhões de recursos oriundos de emendas de relator no chamado orçamento secreto. O dinheiro, porém, não saiu das mãos dos políticos do Centrão, foi remanejado em outras áreas como a Codevasf, companhia que executa obras no Norte, Nordeste e Centro-Oeste e também tem no seu comando executivos apadrinhados por aliados do grupo liderado por Ciro Nogueira e Arthur Lira. Lamentável.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: