Ex-Aneel operando e o parlamentar confabulando

Edvaldo Santana, ex-diretor da Aneel, alvejado em cheio pela Operação Lava Jato, conforme já noticiado neste blog, tem sido um dos maiores críticos das térmicas a gás natural que deverão ser instaladas com a Lei da Desestatização da Eletrobras, aprovada de forma democrática nas duas Casas do Parlamento brasileiro. Apesar dessas térmicas a gás serem contratadas, segundo a lei, para futuramente substituir as térmicas a óleo combustível, que hoje possuem preços absurdos e três vezes maiores do que estabelece a lei aprovada ano passado pelo Congresso Nacional, o lobby da ABRACE, sob a mentoria de um sujeito chamado Paulo Pedrosa, conhecido pela alcunha de “Canalha do Setor Elétrico”, em conjunto com o lobby dos grandes consumidores livres que patrocinam esse falsário, prosseguem distorcendo a realidade dos fatos, tentando enganar o consumidor cativo, o pobre cidadão brasileiro. Edvaldo Santana, Paulo Pedrosa, além de um deputado federal que atua sordidamente nos bastidores e cuja “famiglia” também esteve sob a mira da Lava Jato, estão propondo rasgar a Lei 14.182/21. Esse trio, segundo fontes palacianas e parlamentares, estaria praticando crime de lesa-pátria.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: