CBF começa a sofrer críticas

Se o Brasil não ganhar a Copa do Catar, dificilmente o atual presidente da CBF, o baiano Ednaldo Rodrigues, permanecerá no cargo. Contra ele, os principais jornalistas do sul do país fazem duras críticas porque o futebol nacional continua desorganizado e o calendário de jogos se agrava. A maioria dos clubes está em decadência, todos com bilhões de débitos e o público cada vez mais reduzido em jogos de campeonatos regionais e brasileiro. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: