Todos apostam na privatização da Eletrobras

Alguns gestores e investidores se anteciparam ao anúncio da oferta de ações da Eletrobras e compraram papéis no mercado para garantir a elétrica em suas carteiras. Por se tratar de uma privatização, era esperado que uma parte e não o total da oferta fosse colocada aos investidores institucionais e ao mercado. Uma parcela importante deve ficar com o varejo, voltada ao pequeno investidor. A oferta total, que deve chegara a R$35 bilhões, foi protocolada na Comissão de Valores Mobiliários e na Security and Exchange Comission dia 27 de maio, mas, no início do ano, bancos de investimentos já contavam com a possibilidade da privatização acontecer em 2022, de preferência antes das eleições. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: