Bolsonaro e Guedes jogam a toalha de rendição

O presidente Jair Bolsonaro e seu ministro da Economia Paulo Guedes pediram aos proprietários de supermercados que congelem os preços. Ontem em São Paulo, Rio e Brasília o que se dizia era que Bolsonaro e Guedes já não têm mais como evitar a debacle do governo. O mais grave é que o ministro Guedes declarou que não vai haver aumento para o funcionalismo e, com isso, a resposta desse segmento tão importante para o país deverá vir nas urnas de outubro. Hoje, Bolsonaro só tem ao lado dele os seus militantes milicianos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: