Bolsonaro envergonha o Brasil

Entre outros atributos repulsivos, Bolsonaro consegue, com maestria, distorcer tudo ao seu redor: da realidade dos fatos até às interpretações bíblicas. Mas é importante notar que esse comportamento de a tudo desvirtuar tem sempre uma razão obscura. Nada é ao acaso. Ele pode ser tosco, ignorante, inculto, agressivo, mas burro não é. Como todo aproveitador, usa as oportunidades sempre com objetivo definido. Não à toa está há trinta anos na política brasileira e hoje ocupa o mais alto cargo da República. Ontem, saiu-se com essa: “Jesus não comprou pistola porque não tinha naquela época”. Dito por uma pessoa que se diz cristã e é o mandatário da Nação, pode parecer contraditório, mas também não é. Motivos não lhe faltam nessa sua cruzada pelo armamento da população. Cristo era pacifista e pregava o perdão e até a outra face em caso de ofensa. Antítese de Bolsonaro: sempre pronto a sacar a pistola. Como o estadista que não é, e com as pesquisas apontando sua derrota talvez até em primeiro turno, sonha com um golpe que o coloque de volta ao Palácio do Planalto no caso das urnas expurgá-lo. A violência que chancela, alimenta esperanças em parte de seu eleitorado fora da lei e identificado com sua personalidade destrutiva, como milicianos, garimpeiros, madeireiros ilegais, grileiros de terras, pecuaristas e caçadores ilegais. Até Jesus, credo em cruz, é estandarte para resolução de conflitos à bala. Mas não se iludam, essa política armamentista mira nas eleições de outubro próximo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: