O trabalho sem pagamento

O fundo Mubadala, dos Emirados Árabes Unidos, comprou a faculdade de medicina da FTC de Salvador. Contando com advogados altamente qualificados, o Fundo certamente sabe que o antigo proprietário, Gervásio Meneses de Oliveira, é um mau pagador de carteirinha. Anualmente, o TRT da 5.ª Região divulga a lista dos maiores devedores da Justiça do Trabalho na qual a FTC lidera o ranking há anos. Além disso, o nome de Gervásio está ligado às denúncias de corrupção em licitações e pagamento de propina a uma desembargadora do TRT. Recentemente, foi revelado pela revista Veja que ele comprou um apartamento de Flávio Bolsonaro no Rio de Janeiro. Quando não se paga os direitos trabalhistas de funcionários é mais fácil sobrar dinheiro para esse tipo de compra.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: