A Unesco também

O diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), Audrey Azoulay, também pediu às autoridades brasileiras que investiguem os assassinatos de Dom Philips e Bruno Pereira. Em nota, Azoulay afirma que jornalistas demais estão sendo alvejados e até mortos por destacar temas que preocupam a todos. No ano passado, a Unesco publicou um documento sobre a segurança de correspondentes estrangeiros para chamar a atenção para riscos específicos e ameaças que eles enfrentam. Na nota a Unesco lembra ainda que havia relatos de que as vítimas haviam recebido ameaças antes da viagem.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: