Polícia Federal quer autonomia financeira e administrativa além de diretor com mandato

Depois do novo escândalo que envolveu parte da Polícia Federal neste episódio do ex-ministro da Educação, que em telefonema com a filha disse que Bolsonaro ia ajudá-lo, a PF, profundamente irritada, vai procurar o Congresso Nacional afim de pedir uma lei que dê autonomia financeira e administrativa a ela, bem como mandato para o seu superintendente nacional. No feriado de São João, explodiu com uma bomba em Brasília os diálogos do ex-ministro com uma das filhas quando ele disse claramente que Bolsonaro estava orientando ele sobre as ações da Polícia Federal. É batom na cueca do presidente da República.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: